Orfeu foi ao inferno (hades) e voltou.

O mito de Orfeu, uma tragédia grega. Quando era menino, Orfeu ganhou uma lira de Apolo, deus do sol. As nove musas, inspiradas da arte e da poesia, ensinaram Orfeu a tocar a lira, e ele tocava durante horas. Quando se tornou adulto, Orfeu participou de uma aventura conhecida como ‘A busca do Velocino de Ouro’. E, quando voltou, apaixonou-se por uma moça chamada Eurídice. Eurídice morava na floresta. Era boa, meiga e sabia todas as músicas de Orfeu.

O amor que um sentia pelo outro tornava as canções mais bonitas ainda. Apolo e as musas compareceram ao casamento de Orfeu e Eurídice. Quando a cerimônia se iniciou, e os convidados começaram a chorar. Mas lágrimas no casamento significavam que o casal teria um trágico destino. E o presságio se realizou. Eurídice estava andando pela floresta quando uma serpente picou-lhe o calcanhar. Quando Orfeu a encontrou, ela já tinha ido para o reino dos mortos. Orfeu jurou ir atrás de Eurídice e trazê-la de volta para o reino dos vivos.

Mas quando Orfeu foi falar com Hades, senhor dos mortos, ele se recusou deixar que Eurídice voltasse para o mundo dos vivos ou que Orfeu ficasse com ela, no mundo dos mortos. Chorando, Orfeu pegou sua lira e recomeçou a tocar, mais uma vez transformando sua dor em música.

Emocionados, Hades e sua esposa Perséfone aceitaram que Eurídice voltasse para o mundo dos vivos, mas com um condição, Orfeu deveria seguir na frente de Eurídice no caminho para o mundo dos vivos, sem olhar para trás uma única vez. Mas chegando à escada que levava à boca da caverna Orfeu subiu os degraus para o mundo dos vivos e ansioso ele se virou para Eurídice. Mas Eurídice ainda não tinha saído do mundo dos mortos, então Orfeu viu o rosto de Eurídice e ela sumiu.

Orfeu se recolheu a região mais profunda da floresta, e tocava noite e dia. Um grupo de mulheres ouviu sua canção. As mulheres ficaram encantadas com Orfeu, mas Orfeu disse que amava outra mulher e não poderia ficar com nenhuma delas. Furiosas, elas começaram a atirar dardos em Orfeu. Porém, o poder da música o protegeu.

Orfeu continuou tocando sua lira, e então elas começaram a gritar, abafando o som da música de Orfeu. Orfeu foi atingido e caiu, morto. As mulheres despedaçaram seu corpo e jogaram o rio. Apolo encontrou a lira flutuando no rio e a colocou no céu, ao lado as constelações. Ela brilha até hoje. Orfeu se foi, mas sua alma desceu ao mundo dos mortos e foi juntar-se a de sua amada Eurídice. Agora os dois estão juntos, para sempre.

ImprimirEmail

Offers and bonuses by SkyBet at BettingY com